Nosso canal no Youtube

Fisiologia Vegetal no Youtube (nossos filmes)

Apresentação

O PortalOrganizadoresPolítica de publicaçãoGlossário do PortalMapa e Funcionamento

Fundamentos de Fisiologia Vegetal

- Conhecimento em Fisiologia Vegetal (5)- Bioquímica (1)

Relações Hídricas

- Potencial hídrico (4)- Difusão, osmose, e embebição (6)- Transporte de curta distância (5)- Transporte de longa distância (6)- Artigos Científicos (3)- Questionários respondidos (2)

Fotossíntese

- Fotoquímica (5)- Bioquímica (4)- Trocas Gasosas (6)- Artigos Científicos (3)- Questionários respondidos (2)

Nutrição Mineral

- Nutrientes minerais (4)- Transporte através de biomembrana (3)- Solo e Raiz (8)- Artigos Científicos (1)- Questionários respondidos (3)

Fenologia & Arquitetura

- Teoria (1)- Artigos Científicos (6)

Nosso canal no youtube

Fisiologia Vegetal no Youtube (nossos filmes)

Online

Temos 7587 visitantes online.

Artigos de - Transporte de curta distância (5)

Lista de artigos
Pesquisar artigos



Entrada e transporte de água na raiz - (Teoria)
Downloads: 638     Tamanho: 3.73 MB






Síntese:

A competição por água ocorre entre raiz (uma matriz orgânica) e o solo (matriz essencialmente inorgânica). Portanto, a água no solo pode não estar prontamente disponível para a planta. Quando a raiz consegue retirar água do solo esse evento é iniciado na parede celular da epiderme. A água da parede pode seguir via apoplasto até os feixes condutores no cilindro central ou entrar no simplasto por meio de aquaporinas na plasmalema. No apoplasto e no simplasto a água caminha em direção aos dutos do xilema no cilindro central da raiz obedecendo uma diferença de potencial hídrico causada pela sucção da copa e pelo contínuo bombeamento de substâncias osmoticamente ativas nos condutores xilemáticos. Na via apoplasmática há barreiras mecânicas na exoderme e na endoderme para o transporte de água devido à suberização das paredes anticlinais das células. Há resistência para a entrada de água na via simplasmática devido à composição lipídica da plasmalema. Pela via simplasmática a água caminha através dos plasmodesmata desde a epiderme até os condutores no cilindro central. As vias apoplasmática e simplasmática se complementam no transporte de água de curta distância na raiz. O gradiente de potencial hídrico da epiderme até os condutores de água no xilema pode ser implementado por meio da sucção da copa, do empurrão da raiz e dos ajustes celulares osmóticos e de pressão de parede.