Nosso canal no Youtube

Fisiologia Vegetal no Youtube (nossos filmes)

Apresentação

O PortalOrganizadoresPolítica de publicaçãoGlossário do PortalMapa e Funcionamento

Fundamentos de Fisiologia Vegetal

- Conhecimento em Fisiologia Vegetal (5)- Bioquímica (1)

Relações Hídricas

- Potencial hídrico (4)- Difusão, osmose, e embebição (6)- Transporte de curta distância (5)- Transporte de longa distância (6)- Artigos Científicos (3)- Questionários respondidos (2)

Fotossíntese

- Fotoquímica (5)- Bioquímica (4)- Trocas Gasosas (6)- Artigos Científicos (3)- Questionários respondidos (2)

Nutrição Mineral

- Nutrientes minerais (4)- Transporte através de biomembrana (3)- Solo e Raiz (8)- Artigos Científicos (1)- Questionários respondidos (3)

Fenologia & Arquitetura

- Teoria (1)- Artigos Científicos (6)

Nosso canal no youtube

Fisiologia Vegetal no Youtube (nossos filmes)

Online

Temos 1780 visitantes online.

Artigos de - Transporte de longa distância (6)

Lista de artigos
Pesquisar artigos



Empurrão da coluna de água pela raiz em feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) crescendo em vaso - (Vídeo)
Downloads: 99     Tamanho: 8960 kB






Síntese:

Ao contrário das células dos dutos do xilema as células do parênquima xilemático são células vivas e eliminam continuamente substâncias osmoticamente ativas para dentro do lúmen do duto condutor no xilema (elementos de vaso ou traqueídes). A água do duto xilemático na altura da raiz apresenta alta concentração de substâncias osmoticamente ativas e, conseqüentemente, reduzida energia livre da água. Assim, a água tende a caminhar via apoplasma e simplasma para as células do duto condutor no xilema partindo do parênquima que envolve os tecidos xilemáticos. Todos os tipos de facilitadores do transporte através de biomembrana já foram detectados nas células parenquimáticas que envolvem o duto xilemático na raiz: canais iônicos, carregadores e bombas. As bombas de prótons tipo P na plasmalema são particularmente expressas nas células que envolvem os dutos do xilema. Com uma menor energia livre no lúmen das células condutoras a água do parênquima da raiz vizinho ao xilema tende a entrar nas células de condução originando uma pressão hidráulica positiva nesse sítio. Essa pressão positiva na raiz é capaz de empurrar a coluna de água em direção à copa, mas com uma força relativamente menor que a causada pela sucção da folhagem. É possível verificar esse empurrão da raiz em plantas de feijoeiro bem irrigadas crescendo em vasos. No filme para baixar ao lado a saída da seiva bruta do caule após a copa ser retirada pode ser vista na altura do corte após cerca de 7 minutos por meio de uma gota que cresce sobre o corte evidenciando a pressão positiva e o empurrão da coluna de água pela raiz em direção à copa. O filme foi editado e apresenta a duração de 36 segundos nessa versão do viaciencia e no youtube ou de 1 minuto e oito segundos e outra versão somente no youtube.

youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=v89Dckm2JGU

 

ou 

 

http://www.youtube.com/watch?v=VfFIVAWHFjo